Os 10 anos da Lei Maria da Penha devem ser comemorados reforçando as ações em defesa da mulher e proteção contra a violência. Respeito e dignidade para todas.

Cumprimos a promessa e aprovamos o PLC 38 que iguala a remuneração de bombeiros e militares do ex-território de RR com o Governo do DF. Uma grande conquista

Tv Rádio Jornais
Pronunciamentos Matérias Relatadas Projetos Currículo
Notícia
Aumentar tamanho fonte Diminuir tamanho da fonte
22/06/2012

Brasil gerou 877,9 mil postos de trabalho neste ano

Brasil gerou 877,9 mil postos de trabalho neste ano

Nos primeiros cinco meses deste ano, foram criados mais 877.909 postos de trabalho no Brasil, uma expansão de 2,32% no nível de emprego. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 1.607.209 postos de trabalho, correspondendo à elevação de 4,32%. Em maio, houve um crescimento de 0,36% em relação ao estoque de abril, decorrente da criação de 139.679 empregos formais. Foram declarados 1.785.075 admissões e 1.645.396 desligamentos. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nessa quinta-feira (21). 

Em maio, sete dos oito setores de atividade econômica registraram alta no nível de emprego, e um deles registrou relativa estabilidade. A Agricultura foi o setor responsável pelo maior número de contratações: 46.261 postos.  O desempenho do setor foi associado às atividades vinculadas à presença de fatores sazonais na região Sudeste, como o cultivo de café e de cana-de-açúcar.

No setor de Serviços, com mais 44.587 postos, teve crescimento em todos os segmentos que o integram: Alojamento e Alimentação, Médicos e Odontológicos, Comércio e Administração de Imóveis, Transportes e Comunicações, Ensino e Instituições Financeiras. 

Regiões - Todas as cinco regiões registraram expansão do emprego: Sudeste, com mais 101.876 postos; Centro-Oeste, com mais 13.473; Sul, 9.913; Nordeste, 9.060; e Norte, com 5.357. 

Mais informações em www.mte.gov.br

Enviar comentário:



acompanhe o senador